www.escoladebicicleta.com.br
capítulo 10. vestuário  
     

   . o que usar e não usar

   . o clima

   . trabalho ou lazer

   . acessórios

   » contato

   » início

   » mapa do site

    1. experimentar sem errar
    2. aprender a pedalar
    3. voltando a pedalar
    4. pedalar no trânsito
    5. pedalar melhor
    6. ir mais longe
    7. corpo
    8. saúde
    9. alimentação
  10. vestuário
  11. idosos e a bicicleta
  12. iniciar no esporte
  13. cicloturismo
  14. a história da bicicleta
  15. política e ativismo
  16. a bicicleta
  17. que bicicleta comprar
  18. segurança mecânica
  19. o cliente e a bicicletaria
  20. estacionamento e roubo
  21. equipamentos
  22. mecânica de bicicletas
  23. emergências do ciclista
  24. nossa equipe
  25. nossos serviços
  26. links
  27. livros e referências
  28. política do site
 

 
Óculos, até mais importante do que a própria roupa

Nunca, jamais compre um óculos falsificado - acredite, é a pior burrice que se pode fazer. O olho é um órgão que não aceita desaforo e não tem "conserto".

  • óculos tem a função de proteger os olhos e área periférica

  • óculos não deve ser pensado somente como moda

  • dê preferência para lentes de alta resistência a impactos ( plástico policarbonato)

  • dê preferência a armação de alta resistência a impactos

  • com certeza absoluta: óculos sem áreas cortantes

    Boné ou chapéu:

  • com boa área de cobertura e sombreamento da cabeça

  • que seja bem ventilado

  • os melhores vêm com uma tira para absorver o suor da testa

  • que prenda bem à cabeça e não voe à toa

  • se for fácil de dobrar, será mais fácil de guardar

  • tecidos técnicos respiram melhor e secam mais rápido

  • a grande vantagem do chapéu é que ele cobre orelhas e pescoço

    Luva:

  • que se ajuste perfeitamente à mão

  • presa por velcro no pulso

  • acolchoada na palma

  • feita em tecido técnico para melhor respirar

  • em couro nas áreas de contato com o guidão e manete de freio

  • as melhores têm um pequeno atoalhado para secar o rosto

    Capacete:

  • capacete que protege de fato custa mais caro

  • capacete barato é inútil

  • os melhores tem diversos tamanhos e múltiplos ajustes

  • o ideal não se mexe na cabeça depois de ajustado

  • as tiras e a presilha não podem cortar ou incomodar o rosto

  • deve ter suporte na nuca para melhor firmeza

  • quanto mais buracos de ventilação, melhor

  • de preferência, com material refletivo - pelo menos na nuca

  • é melhor um modelo com viseira
     
  • o que usar e não usar

     
    Ciclista precisa ser visto pelos motoristas e motociclistas, portanto não use roupas de cores escuras, opacas, e estampa que pareça camuflagem de asfalto e cimento.

    Usar:

  • cores vivas e alegres

  • tecidos que não amassem ou amassem pouco

  • roupas íntimas com acolchoado especial para ciclista

  • bermuda ou calça com bolso atrás

  • presilha de calça refletiva

  • camisa de botão: possível desabotoar enquanto pedala

  • camisa pólo ou camiseta em tecido técnico

  • camisas, pólo e camisetas que tenham as costas mais compridas

  • roupa feita em tecido técnico

  • luva acolchoada

  • bermuda de ciclista, que não é bonita, mas cômoda

  • camisa de ciclista com bolso atrás

  • chapéu ou boné ventilado

  • sandália com tira de tornozelo ou tênis aberto

  • se for obrigado a usar sapato, que a sola não seja escorregadia

    Não usar

  • bolso da frente na calça ou bermuda para grandes volumes

  • bolso da frente de qualquer camisa ou camiseta

  • qualquer costura no local de apoio dos ísquios com o selim

  • calça ou bermuda apertada na cintura, ou demasiadamente folgada no corpo

  • cinto muito largo

  • calça de boca larga

  • roupa íntima que enrugue ao sentar-se

  • roupa íntima em tecido que não absorva suor

  • camisa, pólo e camiseta curta na área da cintura

  • prender o casaco desenrolado na cintura

  • roupas em tecido sintético ou plástico com pouca respiração

  • meias muito grossas

  • sapatos ou tênis apertados
     
  • o clima

     
    Seu corpo, o clima e a roupa

    Calor

  • tecidos técnicos

  • camisa, pólo e camiseta larga

    Frio

  • lembre-se que pedalando esquenta

  • uma coisa é a temperatura, outra a sensação térmica

  • vento faz muita diferença

  • a roupa de baixo nunca pode ficar ensopada de suor!
     
  • pedalar para o trabalho ou lazer social

     
  • pedalar com bastante calma para não suar muito

  • parar uns metros antes de onde tem que ir e esperar o corpo secar

  • trocar de roupa ao chegar no destino

  • levar toalha

  • usar tecidos leves

  • deixar a camisa aberta durante o trajeto

    Roupa íntima:

  • muito importante: o tecido não deve acumular suor

  • evitar costuras que fiquem entre os ísquios e o selim

  • sempre com costuras e dobras finas

  • calcinha: evitar as completamente rendadas

  • sutiã: de suporte, para evitar movimentos bruscos dos seios

    Tênis:

  • em locais quentes, tecido que respire bem

  • evitar solado excessivamente mole

  • de preferência solado pouco flexível

  • solado que não escorregue no pedal

  • solado com desenho que não force seu pé a sair do eixo

  • evitar pedalar com os cadarços soltos

  • ponta do tênis que não seja fácil de descolar

    Suéter:

  • dê preferência com pontos abertos para melhor respirar

  • para prender na cintura e evitar que ele entre na roda faça como os italianos: faça a primeira dobra na linha da cava do casaco; e dobre mais duas vezes. Prenda na cintura com um nó não muito apertado.

    Corta vento:

  • impermeável

  • com respiros, principalmente na área das axilas

  • volume bem pequeno quando dobrado

  • com capuz

    Abrigo:

  • em tecido técnico impermeável e que respire

  • modelos com tecido técnico externo e uma segunda camada interna de tecido são os melhores porque ajudam a manter a temperatura e o suor mais controlado

  • dê preferência a um modelo um pouco folgado no seu corpo

  • com ziper

  • fácil de dobrar

  • mais de uma opção de ajuste no pulso

    Bandana:

  • sem a menor dúvida, em tecido que absorva bem e retenha o suor
     
  • acessórios

     
    Presilha de calça comprida:

  • elástico, metálico, velcrom, outros

  • refletiva

  • como última opção, prenda a calça na meia

    Pochete:

  • veja o que é indispensável carregar e só então escolha o modelo apropriado para seu uso

  • impermeável

  • ziper de qualidade

  • espaço separado para documento e dinheiro

  • com detalhe refletivo

  • uma boa opção é ter tecido de absorção de suor

    Mochila:

  • há modelos específicos de mochila para ciclistas com estrutura plástica na área de apoio das costas que diminuem muito o suor

  • com bom material refletivo

  • com ou sem presilha de barriga e peito

  • com o número de bolsos separados para atender suas necessidades

  • bolso externo para carregar corrente e cadeado

  • tecido impermeável

  • uma boa opção é ter tecido de absorção de suor com acolchoado nas alças dos braços e apoio das costas

    Alforje:

    A primeira questão quando se opta por alforjes é o bagageiro, dianteiro ou traseiro, que deve agüentar a carga (peso) máxima estabelecida para o alforje e mais um pouco.

  • o fabricante deve dar especificações técnicas sobre a carga máxima e resistência do tecido

  • impermeável, sem dúvida nenhuma

  • com material refletivo

  • deve adaptar-se e prender perfeitamente bem ao bagageiro escolhido

  • vários bolsos externos

  • quando completamente cheio deve deixar boa distância para o calcanhar.

  • não pode dobrar e tocar a raiação - o que pode ser um problema tanto do projeto do alforje como do bagageiro

  • os melhores têm opção de transformar-se instantaneamente em malas ou mochilas

  • alforjes dianteiros, que ficam apoiados no garfo, são uma boa opção quando o peso e/ou volume de carga na bicicleta é grande, pois possibilitam a distribuição mais equilibrada dos pesos, tornando mais fácil a condução da bicicleta.

    Usando a mochila ou alforje:

  • dobre a roupa com a mesma largura da mochila ou alforje

  • ou aprenda a enrolar as roupas, como fazem os japoneses

  • acomode a roupa sempre dentro de saco plástico

    na bicicleta:

  • pára-lamas longos o suficiente para não respingar

  • bom bagageiro

  • protetor de corrente integral, se possível

  • rede protetora de saia na roda traseira (muito chique!)
     
  • capítulo 11: idosos e a bicicleta »
    Escola de Bicicleta - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo desta página sem prévia autorização. Política do Site »